FIES 2020: Inscrições, Calendário, Prazos de Aditamento

Quando um jovem decide iniciar a graduação, o grande empecilho é: o investimento. Mas, com o FIES 2020 é possível primeiro ter uma formação e depois pagar pelas mensalidades. E com essa facilidade não tem como deixar o ensino superior para mais tarde. Conheça tudo sobre o FIES 2020.

Novo FIES 2020

Novo FIES 2020

Conheça o Fundo de Financiamento Estudantil

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares. Vale financiamento os cursos superiores que tenham avaliação positiva no MEC.

✓ Veja também como funciona os programas:

Em 2010, o FIES passou a funcionar em um novo formato: a taxa de juros do financiamento passou a ser de 3,4% a.a., o período de carência passou para 18 meses e o período de amortização para 3 vezes o período de duração regular do curso + 12 meses.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a ser o Agente Operador do Programa para contratos formalizados a partir de 2010. Além disso, o percentual de financiamento subiu para até 100% e as inscrições passaram a ser feitas em fluxo contínuo, em qualquer período do ano.


O Novo FIES 2020

Chamado de novo FIES 2020, o programa foi divido em 3 categorias que dividem o público alvo e a forma de pagamento de cada público.

Modalidades do FIES 2020

Modalidades do FIES 2020

Veja como ficou:

  • FIES 1: Exclusiva para estudantes com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos. Os alunos não pagam juros sobre as parcelas, porém há um limite de 100 mil vagas;
  • FIES 2: Exclusiva para os estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil que possuem renda familiar per capita de até 5 salários mínimos;
  • FIES 3: Semelhante à modalidade FIES 2, porém aberta às demais regiões do país. Nesse cenário, podem se inscrever para o FIES os estudantes que possuam renda familiar per capita de até 5 salários mínimos.

Durante o curso, o estudante financiado deve pagar mensalmente, o valor da coparticipação, que corresponde a parcela dos encargos educacionais não financiada, diretamente ao agente financeiro.


Aditamento FIES 2020

O aditamento FIES 2020 que significa a renovação semestral do contrato de financiamento, simplificado e não simplificado, deverá ser realizado por meio do Sistema Informatizado do FIES.

A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) solicitará a renovação do seu contrato e você fará a confirmação dos dados no sistema SisFIES. São 20 dias contados a partir da data de conclusão da solicitação para validar as informações do seu curso e os valores da semestralidade.


Calendário FIES 2020

Para 2020 ainda não foi divulgado o calendário FIES 2020, um cronograma que determina as principais datas para o processo de seleção dos interessados em aderir ao programa.

Mas, para ter uma base do que vem pela frente, confira o cronograma de 2018, os meses não devem ser modificadas, mas o que pode sofrer alterações são os dias:

  • Publicação do Edital: 16/02;
  • Inscrições: 19/02 a 02/03;
  • Resultado do FIES: 05/03 e P-Fies: 16/03;
  • Convocação Lista de Espera: 06/03 a 30/03.

Inscrições FIES 2020

As inscrições FIES 2020 são gratuitas e realizadas exclusivamente pela internet, na página do Fies Seleção.

No primeiro acesso, o estudante informará seu número de CPF, data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que acessar o Sistema.

Inscrições FIES 2020

Inscrições FIES 2020

Após informar os dados solicitados, o estudante receberá uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o FIES Seleção e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição.

✔ Realize a Inscrição do PROUNI 2020 pelo portal do MEC

Após concluir sua inscrição, é necessário validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até 10 dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição.

Após a validação das informações, o estudante, e se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do FIES, para formalizar a contratação do financiamento.


Documentos necessários para a Matrícula no FIES

É importante que o estudante tenha em mãos uma série de documentos para realizar a inscrição no FIES 2020. A inscrição é declaratória, ou seja, basta informar os dados dos documentos, não sendo necessário anexar os mesmos.

A declaração dos documentos serve para que o Ministério da Educação averigue se o candidato atende aos requisitos do Programa. Para se inscrever no Fundo de Financiamento Estudantil, será necessário informar:

  • Número de documento de identificação – seja número do RG, CNH, carteira de trabalho ou passaporte. Será necessário o número do candidato e de todos os membros do grupo familiar;
  • Comprovante de residência – Conta de energia, de água, de telefone ou ainda, cópia do contrato de aluguel;
  • Comprovantes de renda de todos os membros do grupo familiar – Carteira de trabalho, extrato bancário, contracheque dos últimos 3 salários, declaração do imposto de renda, entre outros.

Antenção: O comprovante de residência deve estar atualizado, sendo de, no máximo 3 meses. Também recomenda-se que o candidato apresente os 3 últimos contracheques de todos os membros do grupo familiar com carteira assinada.


Cursos mais procurados no FIES 2020

Veja abaixo a lista divulgada pelo Ministério da Educação dos cursos com maior busca para Financiamento Estudatil. Seguem também as respectivas notas de corte de cada:

  • Ciências Contábeis: 682,98.
  • Biologia: 474,48;
  • Biomedicina: 685,28;
  • Administração: 451,9;
  • Nanotecnologia: 755,36;
  • Arquitetura: 749,04;
  • Odontologia: 759,1;
  • Medicina: 726,92;
  • Direito: 765,62;
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply